Certa vez, após horas de conversa em uma roda de amigos, falando sobre o polêmico assunto de línguas estrangeiras, chegamos a conclusão que, a maioria das pessoas não viaja com frequência por medo, ou por não falar outras línguas. Ocorre que, estar em um país desconhecido causa sensação de insegurança e  pavor, pois a comunicação é primordial , podendo-se dizer, um caso de vida ou morte para a maioria das pessoas. Normalmente as necessidades primárias do ser humano precisam da comunicação.

Se pararmos para refletir um pouco sobre isso, concluímos que qualquer pessoa que saia do seu país e vá para outro, mesmo sabendo a língua local, terá dificuldade de comunicação, isso se dá por vários fatores,  tais como: a língua é falada com rapidez e as vezes se torna incompreensível; as pessoas são introspectivas e pouco comunicativas; o choque cultural com o novo lugar faz com que mesmo sabendo diversas línguas a sua fala e a interpretação fonética seja bastante restringida. Contudo, é certo que, com o passar do tempo e a convivência com a nova cultura, o visitante passe a entender e distinguir os sons da fala e então comece  a interagir e comunicar-se de verdade.

Acredite, você pode viajar para qualquer lugar que desejar sem falar qualquer língua. Como isso é possível?

Utilizando a linguagem de sinais você consegue se comunicar em qualquer parte do mundo, todos nós sabemos demonstrar ou perguntar através de sinais por exemplo: quanto custa, solicitar comida, tomar bebidas, solicitar carona e até hospedagem. Em todo o lugar você encontrará pessoas que irão lhe ajudar. Da mesma forma encontrara pessoas que não estão nem aí para você. Em aeroportos, principalmente, você pode ser taxado de turista a traficante, mas não se preocupe, com calma e documentação em ordem tudo se resolve.

Outra maneira usada por muitos viajantes em geral são os “app” de celular, pois qualquer aparelho hoje em dia possui uma vasta quantidade de aplicativos, como dicionários online, tradutores e tem até aplicativo que fala por você. Para saber mais sobre esses aplicativos clique aqui.

Se você não tem domínio de tais tecnologias existe a possibilidade de pedir um tradutor local ou um guia, esses profissionais estarão prontos para lhe ajudar na saída do aeroporto, más isso tem custo, que na maioria das vezes é elevado.

Se não quiser gastar todo seu dinheiro com tradutores e ou guias use a linguagem de sinais, devagar e com paciência, você começara a entender a língua local, inclusive, porque existem pessoas que até mesmo desenharão, se preciso,  para fazer você entender o que elas estão expressando ou dizendo.

Portanto, não se intimide por não dominar outras línguas, não tenha medo do novo ou do desconhecido, pois o desconhecido se tornará conhecido, basta ter coragem e partir. Boa Viagem!

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 8 =

Previous reading
Viaje sozinho pelo menos uma vez na vida
Next reading
Aplicativos tradutores facilitam as viagens